Muitas vezes o que precisamos fazer como pais é apenas observar…

Hoje vou contar para vocês o que podemos aprender sobre brincar e aprendizado ao pararmos para observar nossos filhos por apenas 1 minuto.

Outro dia estávamos passeando com o Pedro no parque. Para mim e para meu marido, na verdade, o passeio já tinha acabado:  estávamos caminhando em direção à saída e como já era hora do almoço, eu ficava tentando acelerar o passo do meu filho. Estava quase brigando com ele (“por que está andando tão devagar??”- a gente com essas manias de estar sempre correndo pra tudo :-/), quando resolvi observar o que ele estava fazendo de fato…

Ele tinha inventado uma brincadeira: pisar apenas em cima de folhas, nas mais diversas direções, então ficava andando em zigzag…

Não consegui filmar esse “experimento” mas na hora me lembrei de um video super fofo que tinha visto há algum tempo (o cachorro é um show à parte), para ilustrar alguns dos insights que tive na hora. Na verdade nem poderia chamar de “insights” por que são coisas sobre as quais estudo e falo o tempo todo… a questão é que no dia-a-dia nem sempre lembramos de toda essa “teoria” (fora o remorso de ter quase brigado com ele…), afinal, por aqui, não somos mães perfeitas também…

O vídeo dura apenas 1 minuto mas pode nos ensinar muito sobre o brincar e o aprendizado da criança:

  1. Não importa qual a SUA programação: criança não tem hora para brincar. É algo que faz parte dela, de como ela interage com o mundo;

2. As descobertas da criança na maioria das vezes ocorrem ao acaso, em situações ou lugares que, para nós, parecem triviais (como ao levar o cachorro para passear ou num passeio no parque). Também não tem tempo certo para acontecer: no caso do Pedro ele já tinha pisado em folhas no parque todo mas a ideia dessa brincadeira só apareceu quando estávamos indo embora…

 3- O tempo que nossos filhos precisam para testar suas novas descobertas provavelmente é muito menor do que poderíamos imaginar inicialmente (no video durou menos de 1 minuto e no caso do meu filho não foi muito mais do que isso também), só que com a nossa correria do dia-a-dia acreditamos que nunca parece haver espaço para nada diferente do planejado. Quando pararmos por alguns segundo e  permitimos  esses “testes”, todos saem mais satisfeitos: ele por se sentir realizado e eu por não ter brigado (e perdido até mais tempo) tentando convencê-lo a não fazer…

4- Muitas vezes nossos filhos precisam fazer suas descobertas por eles mesmos, sem que a gente interfira ou participe de alguma forma (nem que seja para incentivar). Sei que é tentador mas às vezes precisamos agir como o cachorro (rsrs): só observar e esperar pacientemente..

A natureza, por ela mesma, muitas vezes é um dos melhores laboratórios que a criança tem para experimentar. As vezes buscamos brinquedos e brincadeiras diferentes para apresentar aos nossos filhos (e isso é muito rico também) e esquecemos da praça do lado de casa, ou mesmo um passeio a pé pelo parque, pelas ruas..

#tempomagico #desenvolvimento #desenvolvimentomotor #desenvolvimentoinfantil #brincar #brincadeiras #brinquedo #aprendizadoinfantil #aprendizadomotor #aprendizagem #conexaomaeefilho #vinculomaeefilho #conexaopaisefilho #vinculomaesefilho #interacaomaeefilho #interacaopaisefilho #interacaomaeebebe

Share This

Gostou deste post?

Compartilhe!